Oficina ensina crianças a fazer enxerto em plantas

A oficina de Enxertia proporcionou aos estudantes da 4ª série do Colégio Rotary o aprendizado das técnicas de enxertia em plantas, que consiste em transplantar uma muda (enxerto) em outra planta com raiz denominada cavalo ou porta-enxerto. Para que a prática funcione é preciso que as duas plantas sejam da mesma espécie ou de espécies próximas.

Segundo o instrutor Manoel Amadeu a enxertia possui diversas funções, entre elas a de redução do porte da planta, o aumento da produção, pois uma planta ou árvore que daria frutos em cinco anos passa a dar em um ano e meio, além de influenciar na melhor qualidade dos frutos.

Os estudantes aprenderam na prática os dois processos de enxertia, o de borbulha, método que destaca um pedaço de casca com gomo de uma planta e o insere no caule de outra; e o de garfagem, processo que fixa um pedaço de ramo no caule de outra planta ou árvore para que ele se desenvolva.

As técnicas de enxertia foram repassadas de forma simples às crianças, no entanto, elas não podem aplicar o que aprenderam sem o acompanhamento de um adulto, pois as ferramentas utilizadas são pontiagudas e exigem o acompanhamento de uma pessoa mais velha para que possam ser manuseadas, informou Manoel.

Quem participou da oficina, gostou do que aprendeu. “Eu fiz o enxerto e ajudei a plantar”, disse a aluna Rebeca Miranda.

 

Reportagem e fotos: Daniella Lopes

Anúncios
Esse post foi publicado em Oficinas. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s